E-commerce em 2014: o que esperar?

2014-ecommerce-trendsCom o fim de 2013 e a chegada de 2014, já é mais do que hora de fazer o balanço do que deu e não deu certo no ano anterior e botar em prática os ensinamentos que o período passado trouxe. Por isso, é preciso ficar de olho nas tendências de comércio eletrônico para 2014 e saber aproveitar as chances da melhor maneira.

O que esperar do comércio eletrônico em 2014?

Em 2014, o conteúdo em e-commerce continua sendo rei absoluto. Seguindo a tendência de 2013, a compra de produtos e bens deve continuar unida à qualidade do conteúdo oferecido, afinal o consumidor atual não busca apenas preços baixos, mas também quer informação, entretenimento e interação. Além disso, um bom conteúdo tem grandes chances de ser compartilhado, o que dá visibilidade à sua loja e aos seus negócios.

Neste ano, o Brasil caminha para ser um dos maiores líderes de comércio eletrônico no mundo. Publicada em 2013, a pesquisa “Índice de E-Commerce de Varejo Global” da consultoria A.T. Kearney mostra que o nosso país é o oitavo do mundo em potencial no comércio virtual. Em 2012, alcançamos algo em torno de R$ 28 bilhões só em vendas on-line, e em breve teremos o valor obtido em 2013.

Por isso, em 2014, é essencial que os lojistas ouçam o seu público e entendam o que ele tem a dizer, estudem os hábitos dos compradores, as preferências, e use as informações com sabedoria, de forma a aumentar suas conversões e, obviamente, o lucro de sua empresa.