Google Glass não morreu e ainda será lançado, diz Eric Schmidt

thumb-66720-eric-schmidt-resized
Após o Google interromper as vendas do Glass em janeiro, muita gente achou que o projeto dos óculos inteligentes havia sido cancelado e que eles nunca seriam lançados comercialmente.

Porém, o presidente da empresa Eric Schmidt veio a público para dizer que a tecnologia por trás do Glass é importante demais para ser abandonada.

Segundo o executivo, o programa foi colocado sob a supervisão de Tony Fadell (criador do termostato Nest), para que ele torne os óculos “prontos para seus usuários” no futuro.

“Encerramos o programa Explorer e a imprensa achou que estávamos cancelando todo o projeto, o que não é verdade”, disse Schmidt ao jornal Wall Street Journal.

O executivo afirmou que o Glass continua a ser “uma plataforma grande e muito fundamental para o Google”. Assim como os carros autônomos da empresa, os óculos inteligentes seriam um projeto em desenvolvimento, que irá levar anos para ser lançado ao público em geral.

“Seria como dizer que o carro autônomo é uma decepção porque não estou dirigindo-o agora”, afirmou Schimdt.

O presidente do Google, porém, não tem previsão para quando o aparelho será lançado oficialmente.

,